terça-feira, 1 de julho de 2008

Matéria na "Veja"


Zé Ramalho da Paraíba, Zé Ramalho (Coqueiro Verde)

O cantor e compositor paraibano já foi um artista interessante. A prova está nessa coletânea dupla, que traz trechos de apresentações feitas entre 1973 e 1977. A qualidade do áudio às vezes deixa a desejar, mas a receita musical de Ramalho – que incluía música nordestina, psicodelia e rock pesado – até hoje permanece inovadora. O primeiro disco privilegia as canções mais raras de sua discografia. É o caso de Táxi Lunar, com uma letra diferente da versão gravada em estúdio, e do rock Brejo do Cruz. O segundo disco, por seu turno, traz alguns dos hits de sua carreira, como Admirável Gado Novo, aqui apresentado em uma bela versão acústica.

Fonte:
http://veja.abril.com.br/020708/veja_recomenda.shtml

Nenhum comentário:

Videos

Loading...

Quem sou eu